• Grupo de Educação Fiscal do Estado do Paraná

Eventos

Notícias

21/09/2015

Conheça o Projeto 'João Cidadão'

O objetivo do Projeto João Cidadão é contribuir com o desenvolvimento da cultura de direitos humanos no Brasil e promover uma maior aproximação entre o Ministério Público e a sociedade.

Para tanto, o projeto pretende divulgar conteúdo formativo e informativo sobre o os direitos fundamentais e a atuação do MP em sua defesa, difundindo reflexões e ações que estimulem o reconhecimento e exercício dos direitos e deveres de cada pessoa em situações concretas, com destaque à sua relevância no dia-a-dia. O Projeto João Cidadão é uma iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público, que envolve representantes das diferentes unidades do Ministério Público brasileiro. Fale com a coordenação do projeto: joaocidadao@cnmp.mp.br

Como tudo começou: a origem do João Cidadão no Paraná

Criado e executado pela editoria de projetos especiais do jornal paranaense Gazeta do Povo, o Projeto “João Cidadão”, buscou promover a consciência e o exercício dos direitos fundamentais através da publicação de quatro fascículos entre os meses de maio e junho de 2010. Os fascículos apresentavam a estória do personagem João Cidadão, desde sua concepção no ventre materno até sua velhice, com foco nos direitos e deveres do cidadão brasileiro. Como reconhecimento à qualidade e relevância da publicação, o conjunto de fascículos venceu o VII Prêmio de Jornalismo da Associação dos Magistrados Brasileiros (categoria Regional Impresso).

A opção de difundir conteúdo formativo e informativo sobre os direitos fundamentais por meio da narrativa da vida de um personagem chamou a atenção do Conselho Nacional do Ministério Público, que sinalizou o propósito de tomar o projeto paranaense como mote para uma ação nacional de fortalecimento da cultura de direitos humanos no Brasil e divulgação da atuação do MP na defesa dos direitos fundamentais. E a Gazeta do Povo apoia o CNMP nesse desafio.


Fonte: http://www.cnmp.mp.br/joaocidadao/

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.